ANTIPROGRAMA 14: o trailer dos Vingadores e a DC ferrando a Marvel

As discussões nerds estão de volta com diversas perguntas! O que foi bom e o que foi ruim em X-MEN: PRIMEIRA CLASSE? Porque táticas de filmes românticos podem te levar à prisão? Os DOIS trailers dos VINGADORES, o bão e o suecado: o que gostamos e o que não gostamos? A Disney e seu “controle de danos” para evitar escândalos funciona? O que se salva na reformulação da DC? Como a DC ferrou a Marvel? Porque a DC reboota tudo a cada 25 anos? Afinal, quantos anos o Capitão América ficou congelado? O que é Marvel Ponto Um? Porque os nerds gostam de QUALQUER FILME DE QUADRINHOS? E mais importante: como alguém gostou de LANTERNA VERDE, o filme?!!! Por que MYTHBUSTERS estraga a alegria dos nerds?

Acompanhe o papo de Maurício Muniz, Gustavo Daher, Alvaro Omine, Marcelo Fernandes e Benedito Nicolau com a participação especial de Edson Diogo, do Guia dos Quadrinhos! Mas atenção: o Antiprograma é indicado para MAIORES DE 18 ANOS (palavrões e baixarias rolam soltos…!)

Para baixar a versão em MP3, clique aqui AQUI!

Ou, para ouvir o programa, clique na janela abaixo:

LINKS:

Trailer suecado dos Vingadores: http://www.youtube.com/watch?v=2aLgdMz0p5Y

Coisas mostradas em filmes românticos que podem dar cadeia:
http://www.cracked.com/article_18756_6-romantic-movie-gestures-that-can-get-you-prison-time.html

Trailer: ZUMBIS: MUNDO DOS MORTOS:

4 comentários sobre “ANTIPROGRAMA 14: o trailer dos Vingadores e a DC ferrando a Marvel

  1. muito bom o antiprograma,eu acompanhava pelo youtube mas como a postagem nao tá tendo,eu resolvi tomar vergonha na cara e vim aki no site,e já que nesse antiprograma foi falado tanto de michael bay eu queria que vcs comentassem sobre o envolvimento dele no desenvolvimento do novo jogo da franquia need for speed.

  2. Olá vocês do Anti-Gravidade. Acompanhei este Antiprograma 14 e só posso lhes dar meus parabéns. Sou obrigado a concordar com o Mauricio quando ele criticou a mania da DC de “rebootar” seu universo de historias. Acredito que essa ação (de reiniciar o universo) seje um mal necessário de tempos em tempos. É uma forma de atualizar os personagem à época em que eles estão sendo publicados. Embora eu seje um fã ávido de todas as eras dos quadrinhos, não conseguiria imaginar ver um Batman lutando com alienígenas ou que suas historias tivessem um tom de ficção cientifica (propriedades inerentes ao personagem nos anos 60).

    Particularmente, enxergo o Batman atual como um resultado e uma metáfora do excesso e da banalização da violência em nossa sociedade como um todo (aspecto muito bem explorado no filme “O Cavaleiro das Trevas”). Essas características só começaram a se tornar mais marcantes a partir dos anos 80 com a reformulação de toda a cronologia existente até então (sem esquecer os trabalhos do Miller).

    Mas o que me decepciona atualmente no mercado de quadrinhos, é a grande falta de criatividade por parte de seus elaboradores. Falta essa, que os forçam a criar diversas sagas cósmicas caça níqueis que só servem para desgastar (mais ainda) um mercado que, infelizmente, está em decadência.

    Mais uma vez, dou-lhes meus parabéns. Espero ansiosamente pelo próximo Antiprograma.

    Abraços a todos

  3. Mais um ótimo programa. Uma sugestão de tema para o próximo programa seria a decadência de grandes quadrinistas dos anos 80 (Miller, Byrne e cia.). Um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s