Melhores Filmes e Melhores HQs de 2013

an-adventure-in-space-and-timeSaga-Vol-IIron Man 3

Aqui no Antigravidade, costumo fazer a lista de melhores e piores segundo o que li ou assisti no ano. Não é, necessariamente, uma lista de produtos lançados em 2013. E, como toda lista, esta é subjetiva e segue meus gostos pessoais. Então, se você não tem mesmo nada melhor a fazer nos próximos cinco minutos, confira minhas listas e, depois, comente.

Maurício Muniz

MELHORES FILMES (no gênero Fantástico ou similar):

1. An Adventure in Space and Time: Admito, este filme pra televisão sobre a criação do seriado Doctor Who e os problemas, curiosidades e dramas que a rodearam vai interessar mais aos fãs do venerável programa de 50 anos. Mas, mesmo pra quem não conhece Doctor Who, é um espetáculo mais que competente que retrata uma época em que as mulheres ainda não era vistas com bons olhos no mundo da TV; mostra a mentalidade dos produtores da BBC nos anos 1960; e apresenta um bom estudo de personagem sobre William Hartnell, que interpretou a primeira versão do Doctor. Congratulações ao roteirista Mark Gatiss, responsável pela série Sherlock, que conseguiu criar uma pequena e memorável joia para o que poderia ser um tema árido.

2. O Espião que Sabia Demais: lançada em 2011, este ótimo filme de espionagem inglês, baseado em livro de John Le Carré, o papa do gênero, traz um elenco perfeitamente sintonizado com uma trama que brilha pelo suspense, sem cenas de ação ou tiroteios desnecessários. Vamos torcer pra realmente ser o primeiro de uma trilogia estrelada por Gary Oldman.

3. Homem de Ferro 3: o terceiro filme do personagem decepcionou alguns fãs, que não entraram na brincadeira de modificar alguns arquétipos dos quadrinhos e dar muito mais destaque a Tony Stark que a seu alter-ego de armadura. Mas é uma ótima aventura e talvez a segunda melhor da Marvel nas telas, depois de Os Vingadores. Robert Downey Jr. voltará? Pra nossa sorte, sim.

4. Gravidade: Sandra Bullock e George Clooney perdidos no espaço já parece uma premissa interessante, mas o filme de Alfonso Cuarón vai muito além, com uma tensa jornada épica e emotiva com um pano de fundo de ótimos efeitos visuais. Se não levar o Oscar, é marmelada. Bem, mas o Oscar é famoso por marmeladas, então…

5. Além da Escuridão: Star Trek: não, ainda não é Jornada nas Estrelas, mas é uma aventura espacial competente e com algumas das melhores sequências de ação do ano. Ao menos desta vez, o diretor J. J. Abrams pareceu ter começado a entender melhor o mundo de Kirk e companhia. Mas o caminho pra conseguir ir audaciosamente onde nenhum homem jamais esteve ainda é longo…

6. Agente Carter: esse curta-metragem da Marvel, presente no blu-ray de Homem de Ferro 3, é um ótimo epílogo pro filme do Capitão América, mostrando uma aventura solo de Peggy Carter, o amor de Steve Rogers. Bem interpretado, com o mesmo charme antiquado do filme do herói bandeiroso e muita personalidade, é quase o melhor filme de super-heróis do ano.

7. Homem de Aço: só não é ótimo porque o diretor Zack Snyder esqueceu que o Superman é um verdadeiro herói, que se preocuparia com os inocentes durante uma luta apocalíptica com um visão superpoderoso. Falta certa alma ao filme, mas ele diverte e consegue atualizar bem o personagem, um feito – por si só – digno de nota.

8. Invocação do Mal: esse terror à moda antiga fez um sucesso tremendo nas bilheterias sem precisar apelar à violência ou grandes efeitos visuais. Uma história de casa assombrada capaz de arrepiar até os céticos, com um toque humano e ótimas interpretações. Mas evite assistir sozinho.

9. Mama: produzido por Guillermo Del Toro, foi uma ótima surpresa esse terror sério e discreto, que tem efeitos especiais na medida certa e cria um monstro pavoroso movido pelo amor. Destaque para a interpretação do elenco mirim e para a apaixonante Jessica Chastain, como a heroína relutante.

10. Everything or Nothing: as origens e dramas ligados à produção dos filmes do espião James Bond são esmiuçados neste ótimo documentário. Indicado pros fãs de 007 e qualquer interessado na história do cinema.

MELHORES QUADRINHOS

1. Saga: a história de uma família em fuga por planetas estranhos e seus encontros com alguns alienígenas bizarros é tão diferente e inovadora que não vale falar muito sobre a trama pra não estragar as diversas surpresas. Mas basta saber que a série de Brian K. Vaughn e Fiona Staples envolve ação, violência, sexo, ótima construção de personagens e roteiros de deixar boquiaberto. Venceu vários prêmios importantes e deve sair breve no Brasil. Imperdível.

2. Here Comes Daredevil: The Man Without Fear – Volume 5: todos os volumes da série escrita por Mark Waid têm se mostrado geniais até agora, mas o volume 5 fecha várias das tramas meio pendentes e manda um personagem importante pro hospital, por um motivo inusitado e triste. Intrigante, emocionante e cheio de porradaria. Alguém precisa mais em um gibi de super-heróis?

3. Death Note: Black Editon – Volume 3: Não bastasse esse mangá ter algumas das melhores reviravoltas da memória recente, ainda traz o que pode ser o vilão mais frio e calculista da história dos quadrinhos. Todos os volumes são geniais, mas este terceiro tira o fôlego com seus momentos de suspense e mistério. Além de tudo isso, ainda traz bons personagens e  um instigante subtexto sobre moralidade.

4. X-Force: Famous, Mutant and Mortal: a saga dos mutantes criados por Peter Milligan e Michael Allred na reformulação do título X-Force foi um dos melhores quadrinhos de super-heróis do início do século e continua atual como nunca. Subversiva, cheia de humor-negro e com uma forte propensão a matar seus personagens principais, é leitura obrigatória.

5. Palestina: Na Faixa de Gaza: o trabalho jornalístico de Joe Sacco em quadrinhos merece todas as honras e nossos mais profundos agradecimentos. Este álbum, formado por depoimentos de moradores de Gaza e relatos de eventos ocorridos ou presenciados pelo autor, pode afetar quem se impressiona facilmente com a mesquinhez e violência humana. Mas, por isso mesmo, tem que ser lido.

6. Hawkeye: My Life as a Weapon: como pode um gibi sobre o Gavião Arqueiro se tornar leitura obrigatória e tão prazerosa? Culpa de Matt Fraction e David Aja, que realizam aqui o que quase se poderia chamar de “Uma HQ de Quentin Tarantino”. Acertaram na mosca.

7. Captain America Omnibus: as primeiras vinte e cinco edições da revista do personagem sob a batuta do roteirista Ed Brubaker mostra como o herói mais associado aos EUA pode continuar vital e interessante mesmo nos dias de hoje. Considerada por muitos como a melhor fase das histórias do Capitão.

8. The Comic Book Story of Comics: Fred Van Lente e Ryan Dunlavey usam o mesmo expediente de Filósofos em Ação (unir humor e História) para uma análise profunda e certeira da história dos quadrinhos norte-americanas, com farpas para Marvel, DC e vários outros.

9. Hellblazer: Pandemonium: o roteirista Jamie Delano volta ao personagem que o consagrou para contar uma história onde John Constantine se envolve com o exército inglês, uma guerra no deserto e poderosos demônios, numa situação perigosa que o leva até o próprio inferno. Tenso, bem desenhado (por Jock) e Constantine tão filho da puta como há muito não era.

10. The Avengers (Vol. 4): Volume 2: entre as várias renumerações da série dos Vingadores pela Marvel, esta última fase escrita por Brian Michael Bendis se destaca pelas ideias grandiosas e divertidas. Só mesmo Bendis pra acessar seu lado fanboy e resolver mostrar o que acontece quando o Punho de Ferro acerta o Hulk com toda a força. Vale ler pra descobrir.

5 comentários sobre “Melhores Filmes e Melhores HQs de 2013

  1. Da sua lista de filmes eu tiraria o Mama e a invocação do mal e trocaria por Machete e O Fim do Mundo. E uma menção honrosa para o A Família do Luc Besson.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s