ANTIPROGRAMA #06: Vingadores, Batman, Homem-Aranha, X-Men! Nossos heróis nos Quadrinhos e no Cinema!

Mais uma semana, mais um Antiprograma! Desta vez discutimos alguns dos bons (e maus) gibis lançados, nossos heróis favoritos e suas versões para o cinema. Clássicos para apressadinhos! Os vampiros de Guillermo del Toro! Os nerds dominam Hollywood! A origem do Coringa… e por que o Batman não mata de uma vez o filho da #*#*@! A 50ª origem do Homem-Aranha! Retro DC! O papel dos gibis da Marvel e da DC! A Liga da Justiça no buraco! O trailer de Conan! E muitas outras nerdices e abobrinhas!

Acompanhe Maurício Muniz, Marcelo Fernandes, Gustavo Daher e Alvaro Omine em mais uma seção de nerdice bem-humorada. Mas vale lembrar que o Antiprograma é indicado para maiores de 18 anos (ou seja: palavrões correm soltos!).

Ouça o Antiprograma clicando na janela abaixo ou baixando o arquivo em MP3, clicando AQUI!

ÚLTIMA SEMANA DA PROMOÇÃO “GANHE UM EXEMPLAR DE NANQUIM DESCARTÁVEL 04″! Pra ganhar, conte nos comentários qual o primeiro filme que você viu no cinema e como foi a experiência. A resposta mais legal e divertida leva o exemplar desse álbum em quadrinhos! Para conhecer o álbum, clique AQUI!

Ouça, divirta-se e deixe seus comentários, sugestões e palavrões lá embaixo!

12 comentários sobre “ANTIPROGRAMA #06: Vingadores, Batman, Homem-Aranha, X-Men! Nossos heróis nos Quadrinhos e no Cinema!

  1. Ótimo programa! Parabéns ao Maurício e cia. Vocês estão cada vez mais agilizados (um programa por semana, isso tá muito bom).

  2. Como sempre um ótimo programa.
    Parabéns a todos.
    Por que o Benê não está fazendo o programa? Colocaram ele de castigo? Cuidado que ele vai contar todos os podres de vocês. :p
    Gostei da idéia do programa especial do Thor. Mas por favor tirem o Benê da geladeira, o programa fica muito mais engraçado com ele.
    Gostaria de recomendar o desenho “Thor Asgard Tales”, que poderia ser considerado quase um prequel do filme.
    Comentem também as diferenças do Thor da Marvel e o Might Thor da Hanna Barbera.
    E não deixem de colocar a música do Thor do desenho “des”animado da década de 70.(“Onde o arco-íris é ponte, onde vivem os imortais…”.

    Ah, uma sugestão: Mesmo não colocando o link, seria bom colocar em texto separando as sugestões dadas. Por exemplo “A história secreta da DC comics” documentário muito bom.

  3. Gostei muito do programa, foi ótimo como sempre. Muita informação e bom humor! Já começou bem, com a piada do Álvaro chamando o Benê de Boston Brand. Hehehe…

    Cara, é verdade, o Straczynski chupou do Monstro do Pântano a ideia dos totens! Na época eu não me toquei disso e curti a história. Comecei a desanimar com esse cara nas histórias do Poder Supremo, cuja narrativa era completamente chupada de Miracleman, um dos gibis mais legais do Alan Moore. A gota d’água foi a infame saga da Gwen com o Osborn, insuportável. Não satisfeito, ainda comprei aquele Rising Stars, que tinha uma arte medonha. Que bosta! Agora eu passo longe de tudo o que esse cara escreve.

    Coincidência vocês falarem do Sawamu, semana passada mesmo eu achei dois DVDs dele pra download, e no menu dos episódios tem essa música. Ela fica na cabeça o dia todo! “Ele se julgava o demolidor…”

    Eu curtia o Dollhouse! Tá bom, a série se perdeu na segunda temporada, mas as cenas com o Topher são simplesmente hilariantes, de rolar de rir. Ele era o melhor personagem, sem dúvida. Nem a Eliza Dushku ganhava, com aquela cara de quem acabou de fumar ópio. Se não fosse tão amiga do Whedon, não tinha ganho o papel principal. Deu no que deu.

    Opa, esses livros do del Toro parecem legais mesmo, vou procurar.

    Bem que vocês podiam ter posto uns links com as imagens do gibi do Aranha que foram tão elogiadas no programa. Admito que foi engraçado na hora, mas ficar só imaginando as cenas não tá com nada.

    Aprovo a ideia do AntiPrograma temático, acho uma boa. E lanço a campanha VOLTA BENÊ!

  4. Trigo e Gustavo; a minha vaidade agradece por terem sentido minha falta!!!
    Valeu! No momento estou escrevendo; A BIOGRAFIA NÃO AUTORIZADA DE MAURICIO MUNIZ. Um trabalho colossal! Escrever sobre as festas atenienses, criadas e organizadas por ele, o pacto que fez com o diabo (que durou 11 anos!), tráfico de quadrinhos, prostituição, drogas, ex-amigos, galeria de vilões, ameaças armadas aos amigos, atrapalhar a phoda dos amigos, estão ocupando quase todo o meu tempo. Vai ficar maior que o “ GUERRA E PAZ”!!!
    Olha que eu tô deixando um monte de coisa fora. Entretanto tenho certeza, será um BEST-SELLER!
    Acho até que vira filme! Brad Pitt já esta interessado. Começou até o processo de engorda.
    De qualquer forma, volto assim que possível.

    Abração!!

    Benê

  5. Careca fia da puta!

    Aposto que o primeiro capítulo vai se chamar “O Dia em que Maurício Muniz me Apontou uma Arma”, já que você não esquece dessa história!

    E já aviso aos ouvintes! O Benê não esteve nas últimas gravações por PRE-GUI-ÇA de andar três quarteirões até a casa do Alvaro.

    Podem xingar a madame!

    Abraços,

    MM

  6. Só avisa o pessoal antes de me xingar, que eu sou o que mora mais longe, tem que pegar 2 Ônibus ( vida de diferenciado é phoda..) e AINDA andar 6 quarteirões, porque o meu caminho pra chegar no japa é diferente do seu!!!
    Ah! Sim e fazer o mesmo pra voltar pra minha casa!!
    ps. Tô velho e cada vez mais cansado…..
    E gravação na casa do japa não vou!!! Muito longe. Ponto final!!!!

  7. Pô, Benê, esquece a preguiça e anda, faz bem pra saúde. Não pense na distância, pense na pizza que vai estar te esperando lá na casa do Álvaro! No guaraná! Na pipoca! Nos salgadinhos! No papo com os amigos! No feedback dos ouvintes.

    Tudo coisa saudável!😀

  8. Segui a indicação do Maurício sobre os livros da Trilorgia da Escuridão e não me arrenpendi. Devorei A Queda num fds. Tem uma coisa muito legal que é a parte cômica, que fica por parte do exterminador de ratos, quase me urinei de rir em uma parte do segundo livro!
    O site da trilorgia é bem legalzinho: http://www.thestraintrilogy.com/

  9. Sinto informá-los mas, Sawamu passava no RJ.
    Eu acompanhei!
    Inclusive, além de Sawamu, Taro Kid, O Judoca.
    Pode tirar seu sorrisinho paulista do rosto!!!rsrsrsrsrsrsrsrsrs
    Seu amigo carioca é um mal informado!

  10. “Sinto informá-los” e “sorrisinho paulista”?

    Ao contrário, fico feliz que passasse no RJ também esse desenho fenomenal.

    Em que ano assistiu isso?

    Abraços,

    Maurício

  11. Ah, sim.

    Mas hoje confirmei que Sawamu passou no Rio só nos anos 80, pela Gazeta (ou CNT, sei lá como se chamava na época).

    Mas, em São Paulo, passava nos anos 70 pela TV Record.

    Confere?

    Abraços,

    Maurício

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s