Superman Begins

Superman vai ter novo recomeço no cinema

Alvaro Omine

As aventuras do Homem de Aço de Metrópolis terão um novo começo no cinema, É o que disse o presidente do grupo Warner, Jeff Robinov. A idéia é fazer algo similar ao que Louis Leterrier fez com o Hulk em relação ao filme de Ang Lee e Christopher Nolan fez com o Batman depois dos filmes da era Tim Burton.

A Warner também anunciou que de um tempo em filmes com multiplos heróis como Batman vs Super-Homem e Liga da Justiça. Isso parece resultado da boa bilheteria alcançada pelo Cavaleiro das Trevaz e da má bilheteria de Superman – O Retorno, de dois anos atrás. Os planos eram pra que um novo filme do Homem de Aço estreasse no Natal de 2009, se fizesse sucesso. Não foi o caso.

O planos, agora, é reintroduzir o Super-Homem sem apelar para um filme do Batman e Super-Homem juntos. Para 2011, Robinov quer ter, através da DC Comics, material o suficiente para fazer duas das seis a oito super-produções planejadas pela Warner Bros para aquele ano. Agora, eles querem adotar a fórmula da Marvel de fazer filmes com os personagens individualmente para, depois, reuni-los em grupo num filme da Liga da Justiça.

Robinov também quer que as próximas adaptações sejam no mesmo tom de Batman: O Cavaleiro das Trevas, explorando o lado sombrio dos personagens. Isso vale para o novo Super-Homem também. O estúdio agora está focando na produção de quatro filmes baseados em quadrinhos para os próximos três anos. O terceiro Batman; o filme renovando o Super-Homem; e dois outros com personagens da DC Comics. Lanterna Verde, Flash, Arqueiro Verde e Mulher-Maravilha estão todos sendo desenvolvidos.

No próximo mês a Warner anunciará seus futuros filmes com a DC Comics.

Vamos todos cruzar os dedos e mentalizar: Besouro Azul! Besouro Azul! Besouro Azul!

Anúncios

11 comentários sobre “Superman Begins

  1. “fazer algo similar ao que Louis Leterrier fez com o Hulk em relação ao filme de Ang Lee” = ENTERROU a série de filmes do HULK de vez. Basta olha a péssima bilheteria do NOVO filme no Boz Office Mojo.

    “Christopher Nolan fez com o BATMAN depois dos filmes da era Tim Burton.” O correto seria dizer ‘depois dos filmes da era JOEL SCHUMACHER’ aquele fru-fru que mandou colocar NEON em TODOS os veículos do Batman.

    Até há bem pouco tempo dava-se como certo um filme do SHAZAM!, chamado provisoriamene de “Billy Batson and Legend of SHAZAM!” dirigido por Peter Segal e com Dwayne “The Rock” Johnson como Adão Negro…

    O filme fo Arqueiro Verde ou Flecha Verde, que é mais CORRETO, ainda não tá sendo bem aceito por causa da idéia de jerico que é a tal prisão SUPER-MAX.

    E quanto ao Besouro Azul, como FÃ da DC Comics, espero que esse personagen jamais seja filmado, senão lembrará o The Tick, preferiria que fosse a versão atual e POP, meio “Animezada”, do Besouro Azuldo “hi-tec”, o garoto mexicano Jaime Reyes, que usa ARMADURA e tem VÁRIOS PODERES. Digo “animezada” porque ele, o novo Besouro Azul, me lembra muito o Kamen Rider e, agora, também o Batman com armadura 2.0 do filme O Cavaleiro das Trevas.

  2. A idéia da Supermax é do caralho.

    Tão do caralho que deviam usar no gibi e ai talvez tivesse algo que preste do Arqueiro ( desculpe Flecha…(…)). Bem executado isto vira um Blade (grity motherfucker) e não mais um fru fru que nem o Homo de Ferro.

    Falando em verdadeiros Homens de Aço. A cena mais legal do filme é quando ele levanta o continente inteiro ao som de John Willians.

    Cena foda. Pra ficar perfeito ele tinha que ter tacado na cabeça do bizarro Luthor (uí).

    Este é o SuperHOMEM de verdade. Porrada em nego cósmico, que nem
    Dragonball, um vilão é foda, por exemplo Solomon Grundy, no próximo tem que ter Mongul e no outro Darkseid e no outro Lanterna Verde Daxamita. Porra. E não viadinho do Luthor, Homem Brinquedo,Galhofeiro… talvez o Brainiac ou MR MXYZPTLK (do Alan Moore).

    Enquanto tentarem honrar a bosta dos filmes do Donner vai só dar nisso.

    E o Hulk precisa falar e ter a origem CERTA.Bomba Gamma na cabeça.

  3. “Pequena” correção: segundo o designer Guy Hendrix Dyas aquilo era uma ILHA com 6 Km de diâmetro.

    Numa certa cortada, Gil pergunta à Lois que nome ela daria àquilo que o Superman jogou no espaço e está no cinturão de asteróides perto de Marte, no que ela responde: Nova Krypton.

    Ver Solomon Grundy num filme do Super-homem seria meio cômico pois iria nos lembrar do HULK.

    A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: No próximo filme ainda veremos a CUECA VERMELHA sobre a calça?

  4. Não dá pra dizer que a bilheteria do último Hulk foi péssima. A Universal e a Marvel tinham um pepino imenso nas mãos, já que a imagem do super-herói estava extemamente desgastada depois do filme de Ang Lee. No fim das contas, “The Incredible Hulk” arrecadou praticamente a mesma coisa que o primeiro (um pouco mais no doméstico, um pouco menos no worldwide – se ajustarmos os valores a seqüência ficou uns 15% atrás). Claro que também tem o problema de o segundo filme ter custado um pouco mais, mas para ambos estúdios o que mais interessava era renovar o personagem aos olhos do público, como se fosse um investimento futuro. E nesse ponto o filme atingiu às expectativas.

    Em suma: não foi uma boa bilheteria (longe disso), mas também não foi ruim.

  5. Vejamos: vc quer dizer que O Incrível HULK foi um “BEGINS” para reiniciar a franquia SEM MÁCULAS?

    Que acredita mesmo que haverá outro filme do HULK nos cinemas?

  6. Não Rodrigo foi um re-make, não tem nada a ver com Begins, Louis Leterrier já deveria ter feito o filme no lugar de Ang Lee em 2003, foi um infeliz erro da Marvel mas foi reparado com um gibizão para o cinema que Louis fez. Eu acho que vai ter outros filmes do Hulk, o cara tem muita história ainda e mesmo se não tiver o Hulk 2, vai ter os Vingadores, que foi fundado pelo Hulk então vai ter muito Hulk/Norton pela frente ainda.

  7. O que não ME “desceu bem” foi escolher o Ed Norton pra Banner, bom ator, nerdão, e tal.

    Mas como Bruce Banner não ME “desce”, pensei em alguém como Mark Wahlberg…

  8. Bem, pode-se dizer que a INTENÇÃO da Universal ao fazer The Incredible Hulk era emular o sucesso de Begins… mas de boas intenções o inferno está cheio, não é? O que não quer dizer que o filme do Leterrier foi um fracasso. Claro que estou falando do ponto de vista comercial – nem posso avaliá-lo artisticamente, já que ainda não o assisti.

  9. Então veja os dados do filme aqui:
    Fonte: http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=incrediblehulk.htm dia 1º de Setembro de 2008.

    THE INCREDIBLE HULK (O Incrível HULK, no Brasil)

    Distributor: Universal (distribuidora)
    Release Date: June 13, 2008 (lançamento)
    Genre: Action/Adventure (gênero)
    Running Time: 1 hrs. 54 min. (duração)
    MPAA Rating: PG-13 (censura 12 anos no BrasiL)
    Production Budget: $150 million (custo)

    Widest Release: 3,508 theaters (nº de cinemas)
    In Release: 80 days / 11.4 weeks (dia e semanas em exibição)

    Domestic: $134,499,000 55.2% (só nos E.U.A.)
    + Foreign: $109,264,559 44.8% (fora dos E.U.A.)
    = Worldwide: $243,763,559 100% (soma TOTAL dentro e fora dos E.U.A.)

    Balanço GERAL: FRACASSO DE BILHETERIA. Perdeu DE NOVO Marvete!!!! HA hA ha Ha…

  10. Bem Rodrigo, acho que teremos que concordar em discordar, já que você não postou nenhuma informação ou análise nova (e eu não vou ficar repetindo que já escrevi). De qualquer maneira (e voltando ao tópico), espero que essa idéia da DC dê certo… seria uma pena ver uma franchise do Batman tão boa e uma do Superman tão “lackluster”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s